Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/10/2019

Após triunfo sobre a Ponte Preta, risco de rebaixamento do Vitória diminui para 16,1%

Com um jogador a menos em boa parte da partida, o Vitória venceu a Ponte Preta por 2 a 1, no último domingo (27), no Moisés Lucarelli, em Campinas, e viu o risco da degola diminuir. Antes do apito inicial, o time comandado pelo técnico Geninho tinha 41,5% (relembre aqui). Agora, o Leão aparece com 16,1%, segundo o estudo realizado pelo departamento de matemática da Universidade Federal de Minais Gerais (UFMG), liderado pelo professor Gilcione Nonato Costa.

 

O Vitória tem 36 pontos ocupa a 15ª posição na Série B. Para escapar da degola, o time trabalha com o número “mágico” de 45. Faltam ainda sete jogos para o término da Série B, quatro em casa e três fora. O próximo é contra o Figueirense, sábado (2), às 16h30, no Barradão, válido pela 32ª rodada da Série B.

 

Lanterna da Série B, o São Bento tem 94,9% de risco de cair, seguido por Criciúma (88,6%), Vila Nova (78,2%), Figueirense (70,5%) e Londrina (28,5%).

 

O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários.

CONFIRA OS CONFRONTOS DO VITÓRIA:

 

Figueirense, Brasil de Pelotas, CRB e Coritiba (dentro de casa). Paraná, América-MG e Operário (fora de casa).

 

Foto: Wagner Souza/Futura Press/Folhapress