Aprovado pedido de fiscalização da Lei que proíbe funcionamento de bares na Sexta-feira da Paixão

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

574280-mudancas-na-lei-seca-saiba-qual-novo-limite-permitidoA Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou por unanimidade dos edis presentes, na manhã desta quarta-feira (01), o requerimento de nº 15/2015, de autoria do vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (PEN), que solicita à superintendente da Superintendência Municipal de Defesa do Consumidor (Procon), Suzana Mendes; aos secretários Roberto Tourinho (Meio Ambiente) e Mauro Moraes (Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos) e ao chefe do Executivo Municipal a fiscalização e o cumprimento da Lei de nº 2.995/09, que proíbe o funcionamento dos bares e a venda de bebidas alcoólicas nos restaurantes no município de Feira de Santana na Sexta-feira de Paixão.

 

De acordo com o documento, a Lei mencionada, que é de autoria de Lulinha, tem ajudado a reduzir, entre outras coisas, casos de mortes, alcoolismo, ocorrências policiais, poluição sonora, acidentes de trânsito e, consequentemente, entradas em unidade de saúde.

 

“Esta Lei reduziu, comprovadamente, as estatísticas de violência na Sexta-feira da Paixão nas policlínicas e no Hospital Geral Clériston Andrade. Esse era o pior plantão do ano em hospitais e delegacias”, afirmou o edil.

 

Lulinha destacou o trabalho de fiscalização da referida Lei que era feito pelo ex-comandante da Guarda Municipal, Marcos Vinicius, assassinado no ano passado, no Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, na avenida José Falcão, em Feira de Santana.

 

As informações são da Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS