Versículo do dia
Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

Bahia sai na frente com Kieza, mas fica no empate com o Sampaio Corrêa

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

RTEmagicC_kiezacapa.jpgO Bahia empatou com o Sampaio Corrêa em 1 a 1 neste sábado (19) na Arena Fonte Nova e perdeu a chance de se distanciar dos times encostados na zona de acesso. O tricolor permanece em quarto lugar, com 46 pontos, somente dois de vantagem do quinto, Santa Cruz. Kieza abriu o placar, de pênalti, no primeiro tempo, mas Jheimy empatou em jogada confusa no início da segunda etapa. Na próxima rodada, o Bahia visita o Luverdense, no sábado.

 

O Bahia começou na pressão. Kieza chegou livre, mas viu impedimento ser marcado no primeiro lance da partida. Com 3 minutos, Roger recebeu na área e chutou forte, mas Luiz Otávio conseguiu travar. Mas a partir daí o visitante ficou mais à vontade e assustou.

 

Primeiro foi Plínio quem ajeitou para Jheimy chutar – a zaga cortou e cedeu escanteio. Depois, em confusão da zaga, quase o Sampaio Corrêa abre o placar aos 7 minutos. Edgar avançou pela esquerda e chutou rasteiro. Douglas Pires não conseguiu encaixar e a bola sobrou em um bate e bate, com Gustavo tirando de chutão e evitando o primeiro gol. Com 10 minutos, Plínio quase marca de cabeça depois de falta cobrada por Nadson. A bola área, antiga deficiência tricolor, continuava preocupando. Em um primeiro tempo fraco, o Bahia conseguiu sair na frente em lance isolado. Depois de jogada de Eduardo, Simões colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro sinalizou pênalti. Artilheiro do time, Kieza bateu com tranquilidade e marcou o gol do tricolor aos 33 minutos.

 

Pressão e empate

 

Mesmo depois de abrir o placar, o Bahia continuava pressionado. No começo do segundo tempo, Nadson perdeu grande chance com apenas 1 minuto, depois de passe de Jheimy. Mas aos 5 minutos a zaga tricolor marcou bobeira e depois de muita confusão na área o próprio Jheimy chegou chutando e marcou o gol de empate.

 

Aos 11 minutos, o Sampaio teve chance muito boa de virar a partida. Edgar recebeu sozinho e avançou, tirando do goleiro Douglas Pires. Mas o jogador acabou abrindo muito o lance, perdeu o ângulo e acabou sendo desarmado. Sérgio Soares colocou Souza e Railan em campo – o lateral fazendo seu retorno depois de se lesionar em fevereiro – tentando mudar o rumo do jogo. Kieza já havia dado lugar a Zé Roberto logo no começo da segunda etapa, se sentindo mal.

 

O ritmo da partida diminuiu e o Bahia parecia mais sob controle, mas mesmo assim não conseguia criar chances de muito perigo. Depois de cruzamento de Eduardo, Zé Roberto ainda mandou para o gol, mas o lance já estava parado porque a bola havia saído. O Sampaio aumentou novamente o ritmo na reta final. Edgar, pela esquerda, ganhava sempre da defesa do Bahia. Aos 44, ele cruzou a bola, que desfilou pela área do Bahia, mas ninguém chegou para completar para o gol.

 

A partida terminou empatada. Ao final do jogo, torcedores tricolores cantavam “Adeus, Sérgio”, pedindo a saída do treinador.

 

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação)

OUTRAS NOTÍCIAS