Balões roxos sobrevoando o céu marcam Dia Mundial da Prematuridade

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O céu foi tomado por balões roxos nas proximidades do Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) na manhã desta quarta-feira, 17, marcando o Dia Mundial da Prematuridade. Os balões foram soltos por mães de recém-nascidos e funcionários na unidade hospitalar. A iniciativa faz alusão à campanha Novembro Roxo, que este ano traz o tema “Separação Zero”, reforçando a necessidade da presença dos pais durante a internação do bebê.
Somente este ano, de janeiro a outubro, o hospital realizou 415 partos de bebês prematuros. Segundo a diretora-presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, o nascimento prematuro, principalmente com 36 semanas de gestação, traz riscos para o bebê. “Temos uma taxa alta que varia em 14%. Esses partos prematuros ocorrem geralmente com mães adolescentes”, afirma.

Mãe de primeira viagem, Bruna Oliveira, 17 anos, acompanha a filha Lara Sophia, 4 meses, nascida no Hospital da Mulher com apenas 745 gramas.

“Desde que nasceu, uma gestação de seis meses, estou aqui com ela. Agora só está no berçário em tratamento com antibióticos, em seguida vamos juntas para o Método Canguru, pra alcançar o peso ideal e receber alta”, explica.

No Hospital da Mulher, as mães têm a garantia de permanência durante o internamento do filho, inclusive recebem suporte psicológico e nutricional. No Complexo Materno Infantil, os bebês são acompanhados por uma equipe multifuncional, com fonoaudiólogo e fisioterapeuta.

Foto: Fátima Brandão/ Secom

OUTRAS NOTÍCIAS