Versículo do dia
E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.

Banco de Leite busca alternativa para baixo estoque em final de ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

19102015145904Dezembro e janeiro são meses considerados extremamente preocupantes para o Banco de Leite do Hospital da Mulher. Devido férias escolares, quando as doadoras normalmente viajam, o estoque baixa a níveis críticos. Para manter um estoque de segurança, a instituição precisa que mais mulheres se incorporem ao grupo de doadoras, hoje formada por cerca de 50 pessoas.

 

O consumo diário no hospital chega a três litros – recebem o alimento os recém-nascidos internados na UTI Neonatal, no Bercário de Alto Risco ou de mães que ainda não produzem leite suficiente para atender as necessidades da sua criança. O ideal seria que nas geladeiras repousassem mais do que o dobro desta quantidade.

 

As mulheres que têm seus filhos no Hospital da Mulher são orientadas de como fazer a correta amamentação e, se for o caso, doar o excesso para o Banco de Leite. “Doar é um ato espontâneo”, afirmou a enfermeira Talita Rios Varjão, que trabalha no Banco de Leite.

 

De acordo com a enfermeira, para se tornar doadora, além da boa vontade, a mulher deve apresentar exames feitos durante a gravidez e, depois, se fazer exames laboratoriais. “É feita uma avaliação dos resultados”. Se aprovada, ela é orientada sobre como fazer a ordenha e o armazenamento. A coleta é feita semanalmente.

OUTRAS NOTÍCIAS