Beneficiados com Amparo devem cadastrar o NIS

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Pessoas com deficiência ou idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), também conhecido como benefício Amparo, devem se cadastrar no Número de Inscrição Social (NIS) para continuarem recebendo o recurso. A determinação é do Governo Federal, que baixou norma e deverá bloquear a liberação dos valores para quem não estiver atualizado.

 

A inscrição pode ser feita em qualquer um dos 15 Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) ou na sede do programa Bolsa Família, na rua Castro Alves, em frente ao Kilo Grill. Os beneficiários devem comparecer portando documentos pessoais e comprovante de residência atualizado.

 

O cadastramento do NIS, conforme o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, deverá ser feito num prazo máximo de até 60 dias. “Em Feira de Santana estimamos que existem cerca de 4 mil beneficiários do Amparo, o que injeta em nossa economia em torno de 3 milhões e 700 mil reais”, ressaltou.

 

Ildes Ferreira ressalta que a exigência do Governo Federal visa maior controle dos beneficiários com a inscrição de todos eles no cadastro do Número de Inscrição Social (NIS).

OUTRAS NOTÍCIAS