Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/08/2018

Bispo católico dispara contra novela ‘Jesus’ e aponta “ardis do diabo” para enganar o povo

Um bispo católico fez críticas abertas à novela Jesus, veiculada pela Record TV, e afirmou que a história representada no folhetim é “mentirosa” e apenas atende aos interesses “espúrios” do bispo Edir Macedo.

 

Há décadas, o fundador da Igreja Universal, bispo Edir Macedo, antagoniza com a Igreja Católica no Brasil, como forma de expor sua visão diferente da denominação romana a respeito da mensagem do Evangelho, e assim, atrair fiéis que estejam vacilantes sobre a doutrina pregada no catolicismo.

 

Em 1992, quando Macedo chegou a ser preso, atribuiu a ação da Polícia a uma influência da Igreja Católica. Nos últimos anos, esse antagonismo passou a ser mais sutil, valendo-se das “novelas bíblicas” que a Record produz para transmitir a interpretação que a Igreja Universal faz das Escrituras, ao mesmo tempo que a denominação passou a aludir ao judaísmo, como por exemplo, através da construção da réplica superdimensionada do Templo de Salomão.

 

Nesse contexto, o bispo dom Henrique Soares da Costa, da diocese de Palmares (PE), usou sua página no Facebook para opinar sobre a novela Jesus. O líder católico não poupou o vocabulário para tecer suas críticas ao que o folhetim representa na tela.

 

“Perguntam-me pela novela da TV do Edir Macedo… Aquele Jesus é o Jesus da Universal, não é o Jesus das Escrituras; é o evangelho segundo Edir Macedo e seus espúrios interesses. Quanto à Toda Santa Mãe de Deus, odiada pelos inimigos de Cristo e por satanás, aquela Maria da Record, não tem nada a ver com ela!”, afirmou o bispo.

 

“Um católico que assiste àquilo peca gravemente, pois denigre o que é de Deus, o que é sagrado, é coisa fina! Você veria um filme que denigrisse sua mãe e mentisse sobre sua família?”, questionou Costa, dirigindo-se aos fiéis católicos.

 

Em sua crítica, atribuiu as sutilezas que geram a divergência interpretativa a uma ação maligna: “Fico impressionado com os ardis do diabo: já usou as novelas para ensinar todo tipo de perversidade; agora, usa o Nome santíssimo do Senhor e as coisas e pessoas a Ele relacionadas para destruir, mentir, enganar e desviar! Tudo sob a capa de santidade… satanás é mesmo o Mentiroso, o Pai da Mentira, o mestre do disfarce… se mostrasse a cara claramente, correríamos dele”, afirmou.

 

Dom Henrique Soares da Costa concluiu sua crítica à novela com a citação de um versículo: “Sede sóbrios e vigilantes! Eis que o vosso Adversário, o Diabo, vos rodeia como leão a rugir, procurando a quem devorar. Resisti-lhe, firmes na fé” (I Pedro 5:8s)”.

 

 

Gospel +