Versículo do dia
Porque aquele que quiser salvar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.

Bispo episcopal, investigado por recusar casamentos do mesmo sexo, anuncia sua renúncia

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um bispo da Igreja Episcopal dos Estados Unidos anunciou sua renúncia depois que um painel disciplinar o considerou culpado de violar a lei canônica por se recusar a permitir a bênção do casamento entre pessoas do mesmo sexo em sua diocese.

O painel concluiu no mês passado que o bispo de Albany, William Love, violou a Resolução B012, uma medida aprovada pela Igreja em 2018 exigindo que todas as dioceses episcopais permitissem as bênçãos do casamento do mesmo sexo.

Logo depois que a resolução foi aprovada, Love respondeu instruindo o clero da Diocese de Albany que eles não deveriam realizar cerimônias de bênção pelo mesmo sexo.

“Jesus está chamando a Igreja para seguir Seu exemplo. Ele está chamando a Igreja para ter a coragem de falar Sua Verdade em amor sobre o comportamento homossexual – mesmo que não seja politicamente correto”, declarou sua carta de 2018.

“As relações sexuais entre dois homens ou duas mulheres nunca fizeram parte do plano de Deus e são uma distorção de Seu desígnio na criação e, como tal, devem ser evitadas.”

O bispo Love foi posteriormente investigado e audiências disciplinares foram realizadas sobre suas ações no início deste ano.

Emitindo seu veredicto no mês passado, o painel disciplinar disse: “As ações de Love ao emitir uma Orientação Pastoral para seu clero para que eles se abstenham de realizar casamentos do mesmo sexo violaram a Disciplina e Adoração da Igreja como o Bispo Love prometeu em seus votos ordinais. Suas ações , portanto, constitui uma violação do Cânon IV.3.2 (a). ”

Ele também disse: “Privar casais do mesmo sexo do acesso ao matrimônio tem um impacto material e substancial em seu bem-estar espiritual, emocional e físico como povo de Deus.”

Embora o painel tenha emitido sua sentença contra o bispo, deveria se reunir novamente na segunda-feira para decidir quais medidas disciplinares seriam tomadas contra ele.

O bispo Love confirmou sua renúncia em um discurso ao sínodo da Diocese de Albany no sábado, 24, “reconhecendo que qualquer ação disciplinar oferecida não seria algo com que eu pudesse, em sã consciência, concordar”, relata Anglican Ink

Ele disse aos membros do sínodo que estava “muito decepcionado” com a decisão e discordava “fortemente” das conclusões do painel.

Ele acrescentou, no entanto, que não acreditava que um recurso seria bem-sucedido.

“Infelizmente, dada a natureza deste caso e a intenção demonstrada da Igreja Episcopal de garantir que todas as dioceses (onde a lei civil o permita) permitam casamentos do mesmo sexo, não tenho razão para acreditar que apelar da decisão do Painel de Audiência resultaria em qualquer outro resultado “, disse ele.

Sua renúncia entrará em vigor em 1º de fevereiro de 2021.

Folha Gospel com informações de The Christian Today

OUTRAS NOTÍCIAS