Bolsonaro sobre seu filho Jair Renan, investigado pela PF: “Que Deus o proteja”

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou, nesta quarta-feira (13/4), sobre acusações que recaem sobre o filho 04, Jair Renan Bolsonaro, que prestou depoimento à Polícia Federal (PF) na última quinta-feira (7/4). A investigação faz parte do inquérito que apura supostos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Bolsonaro disse que uma ida de Jair Renan a um ministério e a relação dele com um grupo que tinha intenção de fazer negócios com o governo federal justificaram acusações de tráfico de influência, que visam apenas desgastar a Presidência da República.

O mandatário lembrou ainda que não convive muito com o filho e se isentou de dizer se ele agiu corretamente ou não.

“O moleque tem 24 anos agora. Acho que ninguém conhece ele. Vive com a mãe e há muito tempo está longe de mim, mas recebo ele de vez em quando aqui. Tem a vida dele. Não vou dizer se está certo ou está errado, mas peço a Deus que o proteja”, disse ele. “Mas isso é o tempo todo, é 24 horas por dia. Mas não tem problema, a gente vai fazendo a nossa parte”, concluiu.

As declarações foram proferidas em discurso durante café da manhã com pastores evangélicos, realizado nesta quarta no Palácio da Alvorada.

Fonte- Metrópoles-foto redes sociais

OUTRAS NOTÍCIAS