Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 30/07/2018

Bronzeamento com fita segue tendência mesmo no inverno

Com a redução do tempo frio e o consequente reaparecimento do sol, ainda que tímido, faz com que muitas mulheres já comecem a se movimentar no sentido de pegar um bronze, garantindo a tão desejada marquinha de biquíni. Essa definição é um elemento essencial do verão para muitas mulheres. Para alcançar esse objetivo de corpo dourado algumas adotam métodos alternativos e outras buscam clínicas de estética. Mas, o método artificial, preferido da vez é o bronzeamento natural com fita isolante e esparadrapo. O bronzeamento é feito diretamente com a exposição ao sol.

 
Realizado no período da manhã e com os cuidados necessários a pele, por um período de aproximadamente duas horas (a depender da intensidade e do horário do sol). O personal bronze deve ser um profissional treinado para atuar nesta área. Quanto ao procedimento, existe uma preparação essencial que se inicia com o preenchimento de uma ficha de anamnese que avalia as condições básicas e necessárias de saúde dos clientes, para uma ex- posição solar permitida e segura.
Em seguida, é montado no corpo da cliente um biquíni feito com fitas adesivas coloridas. A partir daí, a pele é protegida com o protetor solar que garante um bronzeado bonito, seguro e saudável. Os clientes vão para as macas e com o auxílio de um produto natural que ativa e acelera a melanina da pele, ficam por um período de tempo estipulado, sendo, a todo o momento, hidratadas e assistidas. O produto utilizado é autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 
As irmãs e personais bronze da Sensualize Bronze, Manoela Rodrigues de Lima e Monalisa Guimarães Rodrigues, garantem que o novo tipo de bronzeamento é um sucesso. Elas contam ainda que o bronzeamento natural é seguro quando feito com responsabilidade, de maneira gradativa e com cautela, os resultados serão sempre positivos.
De acordo com Monalisa Guimarães, a primeira sessão de bronzeamento é o momento de desenhar a marquinha com menos intensidade. “A sessão é dividida em três partes: montagem do biquíni, exposição solar e descoloração dos pêlos, (este fica a critério da cliente). Todas as sessões passam pelo mesmo procedimento. A diferença de um resultado para o outro está na intensidade da cor e na durabilidade da marquinha. Na maioria das vezes, só se consegue a marquinha perfeita depois de no mínimo três sessões, e é muito importante que a cliente saiba disso”, explicou.

 
Manoela Rodrigues recomenda antecipadamente e a critério da cliente, pelo menos durante a semana que antecede o bronzeamento, que seja inserida uma alimentação rica em betacaroteno, vitamina encontrada em alguns legumes que ajudam na produção da melanina. Como por exemplo, a cenoura, e a beterraba. “Antes do bronzeamento, pedimos que evitem procedimentos estéticos na pele, que não possa ser exposta ao sol, e que respeite os prazos. Principalmente para procedimentos cirúrgicos que exigem repouso e cuidados maiores. Se tratando de proteção individual, no caso das clientes, não dispensamos o uso do protetor solar, fator mínimo 30”, relatou.

 
Procedimento eleva a autoestima feminina

 
Muitas mulheres encontraram o bronzeamento natural como uma arma poderosa de mudança na autoestima. Além disso, o resultado do procedimento é um ótimo meio de apimentar o clima de romantismo e sedução entre os casais. O bronzeamento natural cabe a todo tipo de mulher e aos homens.

 
Segundo informações da personal bronze Monalisa Guimarães, o público de Feira de Santana e região recebeu muito bem esta novidade. “A procura pelo procedimento é maior entre mulheres com idade entre 25 a 35 anos, muitas delas casadas. “As adolescentes e as maiores de 50 anos curtem o bronzeamento. Temos também um número menor, as maiores de 60 anos, dando um show de autoestima e bem estar”, avalia.

 
A sexóloga Daniela Lima, disse que são vários os motivos que levam à mulher a procurar o bronzeamento natural. “Muitas querem disfarçar alguma coisa no corpo, com relação a estrias, algumas querem trabalhar a questão da autoestima e outras revigorar o relacionamento. A mulher quando está com a marquinha, desperta uma sexsymbol dentro dela, além de despertar o imaginário masculino”, conta.

 
Daniela Lima ressaltou ainda que os homens ficam visivelmente atiçados para descobrir o que tem a mais naquela marquinha de biquíni, talvez por ter sido coisa que foi muito vendida em filmes eróticos. “Conheço histórias de casais que estavam com o relacionamento em crise, mas depois que as mulheres começaram a fazer o bronzeamento natural houve uma renovada no casamento. Inclusive quando fiz o bronzeamento natural, me senti muito bem e feliz com o resultado”.
Manoela Rodrigues conta que as mulheres estão sempre comentando e curtindo este trabalho e que o diferencial do bronzeamento natural é o desenho do biquíni que se adapta as medidas, tamanho e gosto de cada cliente. “Sem falar, que você não precisa perder tempo na praia ou na piscina em busca de um bronze bonito e perfeito. Muitas clientes se preparam para as viagens de final de ano e precisam estar com o bronze em dias para não se preocupar com o sol e é claro, para arrasar no “look”.

 

 
Sem sombra de dúvidas o bronzeamento natural aumenta e muito a autoestima feminina. “O fato de você estar com a marquinha bem definida do biquíni no corpo, talvez seja um fetiche erótico, e faça com que as mulheres se sintam mais bonitas, desejadas e seguras”.

 
Interessados em fazer o procedimento, o atendimento só é realizado com agendamento prévio através do WhatsApp (75) 99191-9327 e 99157-0257.

 
Folha do Estado