Caio Castro e Rafa Kalimann acusados de homofobia após postarem vídeo de Claudio Duarte sobre LGBT

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um vídeo do pastor Claudio Duarte sobre homossexualidade virou o centro de uma polêmica que rendeu acusação de homofobia a duas celebridades da cultura pop brasileira: o ator Caio Castro e a apresentadora Rafa Kalimann.

Os dois compartilharam um trecho da participação de Claudio Duarte no Programa Raul Gil, do SBT, em 2017, quando o pastor falou sobre seu posicionamento bíblico a respeito da homossexualidade, e ponderou que, embora discorde, respeita as pessoas.

Na ocasião, ele foi questionado se era a favor da união entre pessoas do mesmo sexo, e foi enfático: “Não. Eu não sou a favor do relacionamento. Certo? Eu respeito. Eu tenho as minhas convicções e tenho a base daquilo que eu acredito”, disse.

Ele seguiu contextualizando sua posição: “Vivi com um cara que foi meu irmão, e ele era gay. Ele tinha uma situação melhor que a minha. Eu usava o tênis dele, aquela época difícil. Usava as roupas. Mas o cara era meu irmão. O sangue dele não corria nas minhas veias, mas a Bíblia diz que há amigos mais chegados que irmãos”.

O vídeo vinha circulando nas redes sociais e Caio Castro e Rafa Kalimann, finalista do BBB 20, compartilharam. Imediatamente se tornaram alvo da cultura do cancelamento no Twitter, com internautas acusando os dois de serem homofóbicos.

De acordo com informações do portal Uol, Rafa Kalimann apagou sua publicação e fez um pedido de desculpas dizendo que sua intenção “era repassar aquilo para aqueles que tratam mal os LGBTs por conta de religião, pra de uma vez por todas isso parar”.

Caio Castro não apagou a publicação, mas reiterou seu ponto de vista: “Sobre casamento gay, sobre relacionamento gay, sobre qualquer ideia sobre relação homoafetiva sou a favor sim, sou a favor do amor entre as pessoas!”, introduziu.

“Mas existem pessoas que não são, existem pessoas que têm suas convicções e seus costumes diferentes! Mas precisamos respeitar, não precisamos e nem devemos aceitar! Mas precisamos respeitar! E o vídeo que eu compartilhei é sobre esse ponto que o pastor está falando! Respeito, respeitar as pessoas independente de qualquer coisa! Eu sou contra, mas eu respeito a opinião dele! Tudo começa no respeito!”, acrescentou o ator da TV Globo.

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS