Câmara aprova cassação do mandato de Flordelis

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta 4ª feira (11.ago), por 437 a 7, a cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ) por quebra de decoro parlamentar. Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. Flordelis nega o crime.

Antes da votação, a defesa da agora ex-deputada alegou que ela é vítima de perseguição. Parlamentares, porém, rechaçaram a acusação. “De forma acintosa na estratégia de defesa, nos sentimos constrangidos com a abordagem feita a esta Casa. Houve, sim, quebra de decoro parlamentar. Nós temos que acreditar nas instituições”, afirmou Leo Motta (PSL-MG).

Acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ser a mandante do assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho do ano passado, em Niterói (RJ), Flordelis teve o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. O relatório aprovado no Conselho de Ética da Câmara aponta que ela teria violado o Código de Ética ao abusar das prerrogativas para ocultar provas e coagir testemunhas.

SBT News -foto Cleia Viana/Câmara dos Deputados

 

OUTRAS NOTÍCIAS