Cantor Marquinhos Gomes revela que foi reprimido na Bahia por causa do ex-presidente Lula (PT); “existe um preconceito incubado dentro da igreja”- ouça a entrevista

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

No mês passado, o cantor evangélico Marquinhos Gospel esteve em um evento em Feira de Santana (BA), e concedeu entrevista ao Portal Cidade Gospel onde falou sobre politica, fake news, família, futebol e preconceito.

Na opinião de Gomes, o retorno pós-pandemia não foi fácil, mas quem tem chamado não fica em casa. O papo com se entendeu para sua trajetória musical e sua filha Gabriela Gomes, cantora gospel.

“Eu fui um dos primeiro cantores a se tornar independente e não me arrependo de nada na vida, somente no dia que me desviei dos caminhos de Jesus”, explicou o compositor sobre vínculos com gravadoras.

O ex-integrante do Grupo Altos louvores ressaltou sua gratidão e aprendizado com bispo Edir Macedo. Gomes afirmou que a sua inspiração musical veio do cantor gospel Álvaro Tito e finalizou a falando do “preconceito incubado” entre  os evangélicos

O levita relembrou em entrevista que foi reprimido por sua mãe na Bahia, por causa do ex-presidente Lula (PT).

Portal Cidade Gospel- reportagem Denivaldo Costa

OUTRAS NOTÍCIAS