Versículo do dia
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.

Carol Celico lança fundação Amor Horizontal

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

fah06Numa típica tarde calorosa de Setembro em São Paulo, imprensa, família, amigos, colaboradores e equipe se reuniram para prestigiar o lançamento oficial da fundação Amor Horizontal criada e desenvolvida por Carol Celico.

 

A esposa do jogador de futebol Kaká estava radiante e ansiosa ao lançar oficialmente seu projeto: “A primeira vez que pensei nesse projeto foi há 3 anos, logo depois que tive a Isabella e havia lançado um outro projeto somente para amigos que acabou se tornando comercial e com a renda arrecadada do mesmo comecei a dar vida e me organizar para criar a primeira base de e-donnation brasileira”.

 

Esse projeto de 2011 foi seu CD/DVD Carol Celico com remakes de músicas populares cristãs que contou com participações especiais como Kaká, Claudia Leitte, André e Ana Paula Valadão.
“Não reparem, estou um pouco nervosa”, disse ela ao começar a explicar sobre sua fundação. “Foram 3 anos de gestação e agora nasceu o projeto do meu coração. Muitas reuniões via internet enquanto eu estava morando na Europa e minha equipe aqui em São Paulo, sonhos, ideias. Eu não conhecia quase nada sobre o terceiro setor, e aí descobri um mundo lindo com muito potencial a ser explorado para fazer diferença na sociedade brasileira”.

 

O projeto atuará em oito áreas de necessidade ligadas às crianças: medicamentos; livros paradidáticos; brinquedos; material escolar; itens de higiene pessoal; colchão e cobertor; cuidados com o bebê; e eletrodomésticos.

 

Dentro deste contexto, a plataforma possui quatro responsabilidades: eleger as instituições que serão beneficiadas de acordo com os critérios minuciosamente estabelecidos pela FAH, que vão desde checagem de documentação até visita in loco; desenvolver parcerias com os fornecedores que apoiam uma ou mais áreas de atuação do projeto; fomentar soluções para necessidades em emergenciais das instituições cadastradas e prestar contas dos resultados por meio de acompanhamento e registro das entregas e doações que serão disponibilizadas na plataforma e nas redes sociais, por meio de fotos,ídeos e gráficos.

 

Além disso, a FAH fornecerá o balanço financeiro e de atividades, bem como notícias das instituições apoiadas e do terceiro setor, tudo calcado na máxima ordem e transparência, que proporcionam total segurança ao doador.

 

Além de embaixadores oficias conhecidos do grande público como Kaká, Serginho Groisman, Sabrina Sato e Claudia Leitte, a equipe do projeto é composta por pessoas líderes no terceiro setor brasileiro há anos como Rosangela Lyra, mãe de Caroline que foi diretora da Dior no Brasil por 27 anos e representa a associação de comerciantes e lojistas em São Paulo, Lírio Cipriani (Conselheiro e Presidente do Instituto Avon), além de outros nomes.

 

Durante a coletiva, estatísticas sobre o perfil do brasileiro referente a doações foram reveladas. No ranking mundial, nosso país ficou em 91º no quesito de doações que fazemos. O brasileiro doa em média somente 0,5% da sua renda anual para ONGs e instituições, e nesse quadro são inclusos somente 17% dos brasileiros além de que 2/3 de doações de alimentos, roupas, brinquedos são voltadas para kits montados em igrejas geralmente organizados em épocas festivas como Natal, Páscoa e Dia das crianças.

 

O Brasil conta com cerca de 290 mil ONGs, sendo que 60 mil se concentram no estado de São Paulo e infelizmente muitas instituições idôneas estão fechando as portas por falta de recurso e mantenedores fixos.

 

“Um grande problema é que muitas vezes a entidade se torna refém de quem a sustenta (governo, comércio). O ideal é que ela tenha diversas formas de se sustentar para assim prosseguir”, diz a conselheira Maria Nazaré Barbosa

.

Kaká elogiou a iniciativa da sua esposa dizendo: “É um orgulho ver a Fundação, que nasceu dentro de casa com a Carol, acompanhei desde a primeira ideia do projeto, tomar forma e agora se realizar e poder ajudar muitas pessoas através de doações que vão fazer o bem. Espero que muitas crianças sejam beneficiadas com esse projeto e que depois possamos atingir até a terceira idade. É, na verdade, orgulho dobrado por ver, também, a dedicação, luta e disciplina da Carol para que esse sonho se tornasse realidade!”

 

Carol Celico conclui: “São 53 instituições que apoiamos. São 8 mil crianças e adolescentes que já estamos ajudando”
Para conhecer o projeto, é só acessar o site: www.amorhorizontal.org

 

Confira vídeo promocional do projeto:

 

http://www.youtube.com/watch?v=NGnHWNf-Nm8

 

OUTRAS NOTÍCIAS