Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 29/01/2019

Casos de depredação de bancos em ônibus escolar reduzem em 60 por cento

O número de assentos dos 24 ônibus da frota própria que fazem o transporte escolar na zona rural de Feira de Santana que foi depredado durante o ano letivo passado foi menor do que o registrado em 2017. Respectivamente, 41 e 68, queda de 60%.

 

Os números, diz João Eudes Gonçalves de Santana, que coordena o setor de ônibus e máquinas pesadas do município, são resultados positivos de um trabalho de conscientização que vem sendo feito com pais e estudantes ao longo do ano.

 

A redução vem sendo constatada, mas o problema existe e deve ser combatido. A conversa tem como tema a preservação dos veículos e o seu uso comunitário, bem como a necessidade da conservação para que o mesmo seja usada durante todo ano.

 

“A gente mostra para estudantes e os pais deles o problema e os prejuízos causados por este mau comportamento para os outros alunos que usam o mesmo transporte e sentam em cadeiras quebradas, estragadas ou rasgadas”, disse João Eudes.

 

Os bancos dos veículos depredados estão sendo recuperados. Conforme o coordenador, todos vão estar preparados – inclusive a parte mecânica, para começar a transportar os estudantes a partir do dia 6 de fevereiro, quando o ano letivo será iniciado.

 

Segundo ele, este problema é mais constatado nos veículos que transportam estudantes na região do Aeroporto e no distrito de Maria Quitéria. “E são estes alunos que recebem a nossa maior atenção, quando das orientações”.

 

Secom