Versículo do dia
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça.

Cerca de 40 mil eletrônicos são roubados de fábrica da Samsung

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

25716-2Imagens mostram a ação da quadrilha que roubou 40 mil peças, entre tablets, celulares e notebooks na fábrica da Samsung na madrugada desta segunda-feira (7), no Parque Imperador, às margens da Rodovia Dom Pedro I, de acordo com a Polícia Civil. Segundo a investigação, aproximadamente 20 criminosos renderam funcionários e vigias, e usaram sete caminhões para levar os eletrônicos. A carga é avaliada em R$ 80 milhões, de acordo com os policiais responsáveis pelo caso. A Samsung não confirma o número passado pela polícia nem divulga o valor dos itens roubados. Ninguém ficou ferido.

 

Pelas imagens do sistema de segurança é possível ver um caminhão circulando dentro da fábrica. Em outro trecho, há uma movimentação dentro da empresa, são homens andando pelo local com celulares e rádios. Não é possível dizer se estão armados.

 

De acordo com a polícia, a quadrilha chegou à empresa por volta de 0h desta segunda-feira. Durante a ação, cerca de 200 funcionários do setor de distribuição ficaram sob poder do bando. O grupo deixou o local por volta das 3h. As imagens mostram também caixas sendo retiradas e colocadas em um caminhão.

 

Segundo a polícia, funcionários da empresa que estavam em uma van foram rendidos em uma estrada. Eles foram levados para um local, ainda desconhecido, e os criminosos usaram crachás de identificação dos trabalhadores. Uma das vítimas ficou sob poder do bando.

Ao entrar na Samsung, a quadrilha rendeu inicialmente os seguranças do setor de distribuição e, em seguida, os vigias da portaria. “Retiraram os armamentos deles e as munições e deixaram eles trabalhando normalmente, nos mesmos postos como se nada tivesse acontecido”, disse o tenente da Polícia Militar Vitor Chaves.

 

Investigação

 

Para a Polícia Civil, os criminosos tinham muitas informações sobre os procedimentos da empresa. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), e estiveram no local funcionários da Samsung, da empresa de segurança privada, além de representantes de uma seguradora.

Imagens da multinacional, rodovias e da cidade são avaliadas em busca de pistas sobre suspeitos. A polícia trabalha com essas informações para identificar as pessoas que fizeram parte do assalto.

Por meio de nota, a Samsung disse que ninguém ficou ferido e que a empresa coopera “plenamente” com a investigação policial. “Faremos o nosso melhor para evitar qualquer recorrência.”, diz o texto. Além disso, a assessoria da fábrica não confirma o número passado pela polícia nem divulga o valor dos itens roubados.

 

Outros roubos

 

Em outubro de 2012, uma quadrilha invadiu um galpão da companhia TAM Cargo no Aeroporto Internacional de Viracopos, também em Campinas, e levou R$ 3,9 milhões em equipamentos da empresa de eletrônicos Apple.

 

Armados com metralhadoras, os ladrões renderam seguranças e roubaram 12 lotes de iPads e iPhones. A ação durou apenas 35 minutos.

 

Na fuga, a quadrilha levou o sistema de monitoramento de câmeras do galpão e o carro de um dos funcionários. O veículo foi localizado em seguida próximo à Rodovia Santos Dummont.

 

Com informações do G1

OUTRAS NOTÍCIAS