Chargista acusa Universal de censura; igreja nega

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

unnamed (2)O cartunista Vitor Teixeira fez um desenho mostrando um “Gladiador do Altar” desferindo um golpe de espada contra uma mulher seguidora de religiões afro-brasileiras.

 

A imagem foi compartilhada milhares de vezes nas redes sociais e muitos acreditaram que o objetivo do grupo formado por aspirantes a pastores da Igreja Universal do Reino de Deus seria pregar contra essas religiões.

 

A IURD resolveu fazer uma notificação extrajudicial solicitando que o cartunista retirasse a charge do ar por incitar o ódio e discriminação religiosa tanto em relação a mulher que está sendo morta com uma espada, como contra os membros da igreja.

 

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS