Chromebooks vão facilitar aprendizagem em sala de aula, diz estudante

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Vanessa Silva Santos, de 10 anos, já sabe o que quer da vida, ela sonha em estudar Medicina e salvar muitas vidas. Aluna do 3º ano da Escola Municipal Elizabete Johnson, que fica no bairro Baraúnas, ela está entre os estudantes que esta quinta-feira, 14, conheceram os Chromebooks, novo recurso disponível nas escolas da Educação municipal.

Para Vanessa, o Chromebook “será bem útil nas atividades pedagógicas e ajudará também nas pesquisas”. Ela contou que sentiu falta da escola, mas durante o período de afastamento das atividades acompanhava as aulas da professora Maria Moreira (dirigidas ao 3º ano) – primeiro pelo canal da Seduc no YouTube e depois pelo canal 10.2 da TV Subaé.

Além da Elizabete Johnson, o prefeito Colbert Martins e a secretária de Educação, professora Anaci Paim, prestigiaram a entrega dos equipamentos também nas escolas João Paulo II da Associação Nacional de Instrução, da Queimadinha, e Mãe da Providência, na Mangabeira, ambas integrantes da rede municipal.

Os alunos também receberam os kits de materiais didáticos, compostos de itens diversos, como caderno, cola, tesoura, lápis de cor, hidrocor, compasso, régua, canetas, etc.

“É sempre uma alegria quando a gente vem a uma escola e encontra tudo muito organizado e com resultados positivos”, destacou Colbert Martins referindo-se às três unidades de ensino, cujas metas alcançadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Ideb, são destaque na Educação municipal.

“Esses equipamentos representam tanto inclusão digital como também acesso para os nossos estudantes. O uso da tecnologia é fundamental e vai apoiar muito os nossos alunos no desenvolvimento da aprendizagem”, atestou a professora Tâmara Fonseca da Silva, diretora da Escola Mãe da Providência.

“Estamos realizando uma agenda intensa de visita às escolas e entrega dos materiais. Esta programação só será encerrada quando alcançarmos todas as unidades de ensino”, observou a secretária Anaci Paim.

Secom

 

OUTRAS NOTÍCIAS