Versículo do dia
Que nos salvou e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos dos séculos.

Cidadão pode denunciar propaganda política irregular

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

images (1)Durante o período de campanha eleitoral que antecede as Eleições, é comum o cidadão encontrar pela cidade diversas formas de propagandas políticas. Entretanto, algumas delas não são permitidas e infringem a lei. Para as Eleições Gerais deste ano, a 1ª e a 6ª Zonas foram sorteadas pra exercer o poder de polícia na fiscalização da propaganda eleitoral irregular nas ruas.

 
As denúncias de irregularidade nas propagandas eleitorais podem ser feitas por qualquer pessoa, diretamente às zonas responsáveis (1ª e 6ª ZE’s) ou por intermédio da Ouvidoria do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia . Para denúncias de propaganda irregular em locais públicos no interior do Estado, o cidadão deve dirigir-se à Zona Eleitoral do respectivo município.

 

É importante ressaltar que o cidadão que for denunciar a propaganda indevida deverá informar a descrição do ocorrido, apontando o local (rua e bairro), quando ocorreu, a qual candidato/partido a propaganda beneficia e, se possível, fornecer fotos e/ou vídeos que provem a irregularidade. Tudo o que o denunciante puder acrescentar será útil à averiguação.

 

As propagandas mais comuns encontradas nas ruas são faixas, cavaletes e pinturas em muros, essas e outras maneiras de divulgação política têm normas e leis que as regem, e para que a população saiba o que é ou não permitido, o TRE-BA lançou a Cartilha de Propaganda Eleitoral.

 

http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tre-ba-cartilha-propaganda-eleicoes-2014

OUTRAS NOTÍCIAS