Versículo do dia
Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.

Cidades do Portal do Sertão debatem direitos dos LGBT

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

3012016191222As diretrizes das políticas públicas a serem implantadas para garantir direitos da população LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e travestis) foram debatidas neste sábado, 30, em Feira de Santana. A cidade sediou a III Conferência Territorial dos Direitos dos LGBT do Portal do Sertão.

 

O debate envolveu cinco cidades: Feira de Santana, Coração de Maria, Amélia Rodrigues, Ipirá e Conceição do Jacuípe. O tema deste ano foi “Zero violência contra LGBT, construindo uma Bahia que respeite a diversidade sexual e de gênero”.

 

O chefe da Divisão de Promoção dos Direitos das Minorias da Secretaria de Desenvolvimento Social, Fábio Ribeiro, alertou que o evento teve como “finalidade discutir as políticas públicas com ênfase na educação, cultura, segurança e saúde”.

 

“Passamos por um momento importante em 2013 quando o Governo Municipal criou o departamento de igualdade. Precisamos mesmo institucionalizar as políticas públicas. É uma luta cerrada contra qualquer tipo de intolerância”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira.

 

A conferência também contou com momentos de palestras. O professor Leandro Colling falou sobre o Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade. Simone Brandão palestrou sobre cultura e sociedade. Fechou o ciclo de prosa a pedagoga Erica Capinã.

 

No período da tarde os grupos de trabalhos, separados em quatro eixos, definiram as propostas que serão enviadas para a Conferência Estadual. Foram escolhidos também os delegados que irão representar o território Portal do Sertão na estadual.

OUTRAS NOTÍCIAS