CMDI: Prefeitura faz distrato de empresa que desistiu e deve realizar nova licitação para concluir a obra

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Foi publicado pela Prefeitura na sexta-feira passada, através do Diário Oficial Eletrônico, o distrato da empresa licitada e responsável pela obra do novo Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI).

Próximo passo é o chamado à segunda colocada no processo licitatório, para que, caso aceite, possa fazer a etapa final da construção.

As informações são do Departamento de Licitações e Compras da Prefeitura, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração.

Convocar as empresas imediatamente classificadas, em caso de desistência da primeira colocada, no meio de uma obra, é medida obrigatória da gestão pública. Apenas após a negativa das demais habilitadas é possível deflagrar uma nova licitação.

Esta é uma obra realizada pela Prefeitura com recursos federais. O trâmite de substituição da empresa desistente de continuar os trabalhos é bastante lento, para que se possa cumprir, com rigor, o que preconiza a legislação.

A construção está com todo seu concreto estrutural pronto. Resta o acabamento – revestimento, pisos, pintura, colocação de portas e instalação do elevador.

Muito provavelmente, indica o secretário de Administração, Sebastião Cunha, será realizada uma nova licitação para seleção da empresa responsável por finalizar a obra. “Afinal, passado algum tempo da primeira licitação, é difícil que segunda ou terceira colocada queira assumir a construção com os valores da época”.

Sobre a limpeza do local, a secretaria de Serviços Públicos será acionada  pelo prefeito Colbert Martins para que faça o trabalho.

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS