Consumo de sal nas Américas é três vezes maior do que o recomendado

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Os habitantes da América do Sul e América do Norte estão consumindo entre 8,4 e 15 gramas de sal por dia, quantia três vezes maior do que a recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o aumento da ingestão está relacionado principalmente aos alimentos processados e ultraprocessados.

Esse consumo em excesso pode contribuir para um risco maior de doenças cardiovasculares, como pressão alta e aterosclerose. Conforme a Opas, 9,4 milhões de pessoas morrem dos impactos da hipertensão por ano. Esse número, no entanto, pode crescer, já que durante a pandemia de covid-19 houve uma grande mudança no estilo de vida da população, levando as pessoas a ingerirem cada vez menos alimentos saudáveis.

Com a alta, a entidade faz um lembrete aos países das Américas que haviam concordado em reduzir o consumo de sal em 30% até o ano de 2025, entre eles o Brasil. Para estimular novos hábitos, a Opas recomenda o consumo de até 5 gramas de sal por dia e a redução do teor de sódio de alimentos processados, incluindo pães, cereais e carnes.

Fonte – SBT News – Foto Marcello Casal JR

OUTRAS NOTÍCIAS