CPI da Covid dá 48h para Queiroga explicar abandono da Coronavac em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 aprovou, nesta terça-feira (5), um requerimento com questionamentos ao ministro Marcelo Queiroga, da Saúde. A medida é uma alternativa à realização de seu depoimento ao colegiado.

A oitiva não deve ocorrer até a entrega do relatório da comissão, prevista para o dia 19 de outubro. Entre os questionamentos, os senadores querem saber qual a justificativa técnica da pasta para a descontinuidade do uso da CoronaVac em 2022

Os parlamentares também querem saber a atual situação do estoque de vacinas contra Covid-19 e qual o planejamento das campanhas de vacinação até o final do ano. O requerimento ainda cobra que Queiroga detalhe, em 48 horas, o plano nacional de imunização a ser executado no ano de 2022; o programa de acompanhamento epidemiológico em substituição ao Epicovid; e o apontamento dos membros da equipe técnica do contexto da pandemia responsáveis pela formulação de políticas públicas, conforme publicado pelo Metrópoles,

Bahia Notícias- Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS