CRAS Itinerante leva serviços socioassistenciais a famílias vulneráveis do Asa Branca

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Busca ativa de pessoas em situação de grave desproteção
Aos 30 anos e mãe de cinco filhos, Leane de Jesus, que trabalha como faxineira, foi inserida no CadÚnico na manhã desta quarta-feira, 16. Ela teve acesso ao serviço social por meio do programa CRAS Itinerante, que entre hoje e sexta-feira, 18, será disponibilizado aos moradores do bairro Asa Branca.

Iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o CRAS Itinerante busca garantir o acesso das famílias em situação de vulnerabilidade à rede socioassistencial, sobretudo nas regiões que não dispõem de CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Em dois ônibus e mais um micro-ônibus, os moradores podem se cadastrar ao Bolsa Família, atualizar ou solicitar outros benefícios, como auxílio natalidade e solicitação de passe livre para idosos e PNE (Pessoas com Necessidades Especiais) nos transportes intermunicipal e interestadual.

Também recebem atendimentos individualizados com psicólogos e assistentes sociais. Já as crianças participam de atividades recreativas para o fortalecimento de vínculos.

O coordenador do CRAS Itinerante, Rafael Estrela, informa ainda que a proposta do CRAS Itinerante é fazer a busca ativa de pessoas em situação de grave desproteção. A próxima localidade atendida será o São João do Cazumbá.

Foto: Wevilly Monteiro- Secom

OUTRAS NOTÍCIAS