Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 19/11/2018

Daciolo reitera frustração com a bancada evangélica e quer viajar pelo Brasil de carro

Inicialmente, a candidatura de Cabo Daciolo (PATRI-RJ) à presidência da República foi tratada como folclórica, mas na apuração, o deputado federal superou nomes conhecidos da política nacional, como os ex-ministros Marina Silva (REDE) e Henrique Meirelles (MDB), e o senador Álvaro Dias (PODE). Agora, o dono do famoso bordão “Glória-a-Deus” diz que não pretende voltar ao Poder Legislativo.

 

Daciolo foi eleito deputado para seu primeiro mandato em 2014, com pouco mais de 49 mil votos. Na disputa pela presidência, conseguiu 1.348.323 votos. Quando a Câmara retomou seu trabalhos após o final do segundo turno, o ex-candidato gravou um vídeo elogiando o canal Porta dos Fundos e atendeu pedidos de selfie.

 

Em entrevista à Rádio Gaúcha, contou o que pretende fazer após o fim do mandato, em janeiro: “Eu não saí para Estado nenhum, não fui para nenhum lugar pedir voto. Agora eu vou agradecer os votos que eu tive em todos os Estados. O que está no meu coração agora é alugar um carro, para rodar o país e agradecer a todos, continuar falando do amor de Deus e da transformação”, afirmou.

 

Sobre uma possível candidatura a deputado no futuro, negou que tenha interesse: “Não. No Congresso, eu vi o que eu precisava. Tem raras exceções, mas há uma grande quadrilha aqui dentro. Eu, se vier novamente, seria à presidência da República, com um plano de nação para a colônia brasileira”, afirmou.

 

“Uma das grandes decepções que eu tive dentro do Congresso foi com a própria bancada evangélica. É só parar e observar com quem eles votam, com quem eles estão aliados. Mas nada está oculto aos olhos do Senhor. Eu peço a Deus para que eles se arrependam e façam o que está escrito na Palavra”, acrescentou Daciolo.

 

Ao final, disse que espera que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) entregue o governo nas mãos do Senhor: “Que ele possa colocar a confiança do mandato dele em Deus, porque haverá vários que vão estar em volta dele que vão estar com falsidade, com mentira”

 

 

Gospel +