Damares diz que inferno enviou “capeta careca” contra o governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

A ex-ministra Damares Alves declarou que “inferno enviou capetas” para atrapalhar o governo Bolsonaro e que, dentre eles, “tem um até careca”, em um clara referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

– Saibam que o inferno está com muita raiva de todos nós e o inferno está se levantando. O inferno mandou uns capetas que vocês não têm ideia, tem um até careca. Vocês não têm ideia dos capetas e dos soldados que o inferno tem mandado. Não tem sido fácil, tudo se levanta contra este governo. Tudo conspirou contra este governo – disse em entrevista ao Igor Gadelha, do Metrópoles.

De acordo com a ex-titular da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, o atual governo sofre perseguição por ser um governo cristão. O fato de o presidente Jair Bolsonaro sempre começar seus discursos agradecendo a Deus, seria um dos fatores que incitam o ódio de opositores.

Damares pontuou eventos que, para ela, foram decisivos para a perseguição à gestão do chefe do Executivo.

– Brumadinho, óleo na praia, queimada no Pantanal […] Quando a gente achava que não tinha mais nada, Congresso começa a brigar entre si. Um Judiciário se levanta contra nós, a imprensa contra nós. Quando a gente achava que não tinha mais nada contra nós, veio uma pandemia. Quando a gente tá (sic) no final da pandemia, vem uma guerra – elencou.

Damares Alves deixou o Governo Federal no dia 31 de março, junto com outros 8 ministros que disputarão as eleições de outubro.

Fonte Pleno News/ foto divulgação

 

OUTRAS NOTÍCIAS