“Demônio” diz a bispo da Universal que “buscaria a Deus todo dia” se tivesse chance de ser salvo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

hqdefaultO bispo Rogério Formigoni fez uma “entrevista” com um suposto espírito maligno que teria possuído uma fiel da Igreja Universal do Reino de Deus, e o vídeo polêmico ganhou as redes sociais.

 

Durante uma reunião da denominação, Formigoni leva uma pessoa possessa ao palco do templo, puxando-a pelos cabelos, e começa fazer perguntas ao “demônio”

 

“Você tem direito a uma coisa que eu queria, desgraçado. Você tem direito à salvação e eu não posso”, diz o espírito maligno. “Eu faria tudo para ter mais uma chance, e esses desgraçados não aproveitam, brincam. O inferno é deles”, acrescenta, referindo-se à Salvação.

 

“Se você tivesse uma única chance ainda, para ser salvo, como você faria?”, provoca o bispo. “Eu agarraria com toda minha força, eu faria de tudo, de tudo! Eu buscaria Ele todo dia, todo minuto, todo segundo. Eu estava aqui todos os dias. Eu ia servir a Ele com o melhor de mim”, responde o “demônio”.

 

A certa altura, temas recorrentes ao discurso comumente pregado pela Universal aparecem no bate-papo: “Você ia ser infiel no dízimo?”, questiona o bispo, evidenciando a preocupação com a disciplina de contribuição dos fiéis presentes à sessão. “Não”, responde o “demônio”, que acrescenta: “Seu Deus dá o melhor. Ele é zeloso”

 

“Como é o inferno?”, pergunta Formigoni. “Horrível. Fogo, grito, dor, tormento. 24 horas tem alma gritando para ele dar mais uma chance. O pior de tudo é que o seu Deus não vai dar”, diz o “demônio”, frustrado.

 

GOSPEL+

OUTRAS NOTÍCIAS