Denzel Washington fala sobre sua experiência com o Espírito Santo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O ator Denzel Washington falou sobre sua primeira experiência com o Espírito Santo e como isso afetou sua vida em uma live no Instagram na quinta-feira (25) com o pastor A.R. Bernard.

Denzel lembra que entregou sua vida a Jesus três vezes e, em uma dessas ocasiões, teve um encontro sobrenatural com Deus. Isso aconteceu durante um culto na West Angeles Igreja de Deus em Cristo, na Califórnia, nos anos 80.

“Eu estava cheio do Espírito Santo e isso me assustou. Eu disse: ‘Espere um pouco, não queria ir tão fundo, eu queria curtir”, admitiu.

Denzel conta que havia ido à igreja com o ator e diretor Robert Townsend e, quando chegou o momento de ir à frente do altar, disse: “Desta vez eu só vou lá e ver o que acontece”.

“Entrei na sala de oração, me deixei levar e experimentei algo que nunca havia experimentado na minha vida”, conta o ator. “Lembro de ligar para minha mãe depois e dizer a ela: ‘Eu senti como se tudo estivesse fora do planejado e minhas bochechas ficando cheias’ e ela disse: ‘Oh não, esse é o diabo que você está saindo de você’”.

“Foi uma experiência sobrenatural, que eu não conseguia entender completamente na época”, comenta.

Levaria anos antes que o artista entregasse totalmente sua vida a Deus. Em uma entrevista de 2017 ao The Christian Post, Denzel compartilhou seu testemunho.

“Estou fazendo o que Deus me disse para fazer desde o começo”, testemunhou. “Foi profetizado que eu viajaria pelo mundo e pregaria para milhões de pessoas. Foi profetizado quando eu tinha 20 anos. Achei que fosse através do meu trabalho e tem sido”.

“Minha mãe me disse quando eu tinha 59 anos: ‘Denzel, você faz muitas coisas boas. Você precisa fazer o bem da forma certa e você sabe do que estou falando’. Eu não bebo mais, eu não faço nada disso. Vivo pela mensagem na medida em que a conheço, e não tenho vergonha e nem medo de compartilhá-la”.

Impacto

Em sua conversa com o pastor Bernard, Denzel disse que sua experiência com o Espírito Santo o sustentou durante todos os anos de sua fama e sucesso.

“Isso me manteve firme, apesar de mim. Quero dizer, eu aceitei, eu definitivamente experimentei, mas não estava pronto para viver. Não sei quantos anos tinha na época, mas não estava pronto para viver. Tenho certeza de que não sou o único que passou por esse tipo de experiência”, disse Washington ao pastor.

O ator também destacou que ter um momento com Deus não significa que houve uma verdadeira conversão.

“Você tem esse momento, mas isso não significa que o resto da sua vida será do jeito que deveria ser. Não é como: ‘Eu tive esse momento, estou cheio do Espírito Santo e agora tudo será bonito, será perfeito. No dia seguinte, estarei pronto para salvar a todos. Estarei encarregado de salvar as pessoas’”, disse.

Denzel também falou sobre a caminhada cristã de seu filho mais velho, John David Washington, 35 anos, que é ator como o pai.

“Ele é um jovem muito talentoso e espiritual”, disse Denzel. “Estamos felizes com o sucesso dele, mas também com o exemplo que ele está dando para seus irmãos e irmãs, como um homem de Deus”.

Fonte: Guia-em com informações de The Christian Post

OUTRAS NOTÍCIAS