Deputada acusada de associar Xuxa à pedofilia fala sobre o processo judicial

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Reprodução Folha Gospel

A deputada estadual Rosane Felix (PSD) utilizou as suas redes sociais para falar sobre um processo movido pela apresentadora Xuxa, que pede R$ 150 mil por danos morais. A deputada negou ter acusado ou associado Xuxa à pedofilia, e disse ter exercido o direito a opinião, através do mandato parlamentar, para se posicionar sobre um livro lançado pela apresentadora que, de forma implícita, trata de temática LGBT para o público infantil.

Rosane Felix informou que o processo está tramitando em segredo de justiça e, por esse motivo, não poderia falar muito a respeito. No entanto, ela destacou que opinião nunca foi crime no Brasil e que pensar diferente faz parte da democracia.

“Tenho a consciência tranquila, durmo em paz, tudo vai ser esclarecido durante o processo”, disse Rosane Felix, que em diversos momentos da live reafirmou que foi eleita para trabalhar comprometida com a verdade, com a família e políticas públicas.

“Sou cristã e quem votou em mim me escolheu para representar a família, defender a liberdade religiosa, a liberdade de expressão, a vida desde a concepção, os princípios e valores. Como deputada, tenho essa missão e ninguém vai me calar”, disse Rosane Felix.

A deputada informou ainda que não entrou na política para conquistar poder e dinheiro. Rosane Felix destacou que sempre exerceu sua profissão, de locutora de rádio, que concilia com as atividades do mandato conferido pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Ela finalizou a live informando não ter os R$ 150 mil, e que o processo não altera a sua conduta.

“Não tenho esse dinheiro, mas a população pode contar comigo, tenho compromisso com a verdade, a família e na formulação de políticas públicas. Orem por mim, pelo Brasil, para que Deus tenha misericórdia de nós, estamos enfrentando dias bem difíceis. Que Deus abençoe, guarde e proteja nossa nação”, concluiu a deputada estadual Rosane Felix.

Fonte: Juliana Oliveira – Assessoria de imprensa

OUTRAS NOTÍCIAS