Versículo do dia
Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.

Desembargador se recusa a ouvir advogada que usava vestido

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Titular do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18ª Região, em Goiânia, o desembargador Eugênio Cesário causou polêmica ao repreender e, em seguida, se recusar a ouvir a sustentação oral de uma advogada pelo fato de ela estar usando vestido – o que, na visão dele, estaria ferindo o “decoro forense”.

 

“Podem discordar, mas nós temos um decoro forense a cumprir. Tem que estar à altura na forma e na aparência com o exercício dessa atividade e a senhora vem fazer sustentação oral de camiseta?”, questionou o magistrado, segundo o jornal O Globo, sendo corrigido por uma desembargadora, que ressaltou o fato de a profissional estar de vestido.

 

Em nota, o TRT da 18ª Região se disse contra a iniciativa de Eugênio Cesário – a OAB também discordou: “O repúdio se estende ao tom autoritário proferido pelo magistrado, sobretudo diante de uma jovem advogada mulher”.

 

NOTÍCIAS AO MINUTO

OUTRAS NOTÍCIAS