Versículo do dia
Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas, todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.

Detran intensifica blitzes da Lei Seca em Feira de Santana e outros municipios

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

4862,detran-reforca-blitzes-da-lei-seca-com-250-policiais-militares-2O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) iniciou na sexta-feira (4) a série de blitzes da Lei Seca que serão realizadas em parceria com a Polícia Militar, na capital e nos municípios de Lauro de Freitas, Camaçari, Alagoinhas, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Barreiras e Jequié.

 

As abordagens, que acontecem durante o dia e à noite, contam com o reforço de 250 policiais militares capacitados pelo Detran e são acompanhadas de ações educativas, para conscientizar os condutores sobre o respeito às leis de trânsito e o risco de dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas. “No nosso primeiro dia de fiscalização, já pude perceber um melhor preparo do efetivo, até porque eles tiveram toda uma orientação no Detran, que contribui diretamente na boa conduta das abordagens”, disse o major Washington Plácido, do Comando de Operações da PM.

 

Na sexta-feira, 114 veículos foram abordados em Salvador e 12 apreendidos. O aeroviário José Eduardo de Sales, 44 anos, se negou a realizar o teste do bafômetro e foi encaminhado para a delegacia de Pau da Lima . “Eu bebi e sei que estou errado”, disse. O coordenador da operação do Detran, coronel José Augusto Nunes, ressaltou que “ a blitz é uma ação educativa que preza pela segurança no trânsito, coibindo os motoristas que insistem em misturar direção e bebida”.

 

Além das blitzes, o Detran realiza ações educativas no feriado da Independência, nas rodoviárias de Salvador, Vitória da Conquista e Feira de Santana; e nos pedágios da Estrada do Coco e da BR-324.

 

Secom/BA

OUTRAS NOTÍCIAS