Versículo do dia
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.

“Deus me preparou para ser testemunha dEle nas quadras”, diz jogador de basquete

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

3436408925-stephen-curryAtualmente em destaque na NBA, o jogador do time de basquete ‘Golden State Warriors’, Stephen Curry tem afirmado que o seu sucesso não é fruto apenas de seus próprios esforços. O armador destacou que a decisão de depender diariamente de Deus tem grande importância neste processo.

 

“Eu sabia que o Senhor estava me preparando para um palco maior, para representar e ser uma testemunha dEle na quadra de basquete. Lembrei-me de minha mãe, me dizendo um dia em Davidson – na minha época de faculdade – que Deus coloca o Seu povo em diferentes áreas da vida para que eles podem alcançar mais pessoas para Ele. Eu tentei usar esse tempo para a Sua glória”, compartilhou Stephen com a Sociedade dos Atletas cristãos, segundo o Charisma News.

 

Apesar do alto nível de fama que ele alcançou, Curry não está se acomodando e se esforça para melhorar o seu trabalho a cada dia.

 

“Deus me deu talentos para jogar basquete viver disso, mas eu ainda tenho que trabalhar duro para melhorar a cada dia”, disse ele. “Eu sei que, no grande esquema das coisas, isto é apenas um jogo e isto pode ser tirado de mim a qualquer momento. Mas eu amo que o basquete. O esporte me dá a oportunidade de fazer coisas boas para as pessoas e fazer com que olhem para o homem que morreu pelos nossos pecados na cruz. Eu sei que tenho um lugar no céu, esperando por mim e isso foi possível por causa dEle. Isso é algo que nenhum prêmio ou troféu terreno poderia jamais superar”.

 

Ao mesmo tempo, Curry não está esquecendo a jornada pela qual sua fé o tem conduzido e como Jesus Cristo começou a viver dentro de seu coração.

 

“Eu me lembro como se fosse ontem, o dia que eu entreguei minha vida a Cristo. Eu estava na quarta série, e eu me lembro de ouvir e compreender o evangelho de Jesus Cristo, andando pelo corredor para dar minha vida a Ele. Meus pais continuaram a estimular a minha fé a partir desse ponto, fazendo com que eu entendesse o valor do compromisso que eu tinha acabado de fazer”, ele compartilhou.

 
GUIAME

OUTRAS NOTÍCIAS