Versículo do dia
Com minha alma te desejei de noite e, com o meu espírito, que está dentro de mim, madrugarei a buscar-te; porque, havendo os teus juízos na terra, os moradores do mundo aprendem justiça.

Dilma perde 24 segundos em novo cálculo do horário eleitoral

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

dilma-rousseff-sorriO tempo de cada coligação partidária no horário eleitoral gratuito foi revisto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com o novo cálculo, divulgado nesta quarta-feira (6) a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, perdeu 24 segundos. Os adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) ganharam mais 4 e 14 segundos, respectivamente.

 

Com a decisão atual, Dilma terá 11 minutos e 24 segundos, Aécio Neves com 4 minutos e 35 segundos e Eduardo Campos com 2 minutos e 3 segundos. Em julho, o TSE tinha divulgado uma divisão preliminar do tempo de propaganda eleitoral, mas os partidos contestaram a proposta, que foi revista.

 

O horário eleitoral entra no ar a partir do dia 19 de agosto. De acordo com a legislação, os candidatos à Presidência podem fazer propagandas às terças, quintas e sábados das 7h às 7h25 e das 12h às 12h25 no rádio e nos mesmos dias das 13 às 13h25 e das 20h30 às 20h55 na televisão.

 

FONTE: A Tarde

OUTRAS NOTÍCIAS