Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 31/10/2018

Drag queen dá palestra para alunos em escola fundamental e pais ficam revoltados

Não é mais surpresa alguma o fato de o movimento LGBT ter como principal objetivo alcançar crianças e adolescentes, visando doutriná-los para as próximas gerações. Com base nisso, o ambiente escolar se transformou em um dos espaços mais disputados por ativistas do movimento, pois é nele onde o ensino da ideologia de gênero, por exemplo, pode ser mais facilmente promovido, com menor resistência dos pais.

 

Uma escola localizada em Thornton, Colorado, nos Estados Unidos, protagonizou um episódio que ilustra muito bem esse tipo de ativismo rasteiro, após permitir que um drag queen participasse das comemorações sobre o dia da profissão, dando uma palestra para alunos do ensino fundamental.

Identificada como “Jessica L’Whor”, o drad queen é parente de um dos alunos da Rocky Top Middle School, mas ao que parece apenas ele e a direção da escola tiveram conhecimento do evento, pois o restante dos pais se manifestaram de forma contrária e ficaram revoltados ao saber da palestra.

 

“Os pais estão indignados, e isso é inadequado em muitos aspectos”, disse Joe Ferdani, um porta-voz da escola em um e-mail enviado para a emissora KCNC-TV. “Os pais deveriam saber com antecedência quem ia falar, e isso não aconteceu nesta situação em particular”.

 

Ferdani disse que “os pais só precisavam ter mais informações e contexto sobre o que seria falado, e alguma informação sobre esse indivíduo, mas eles não receberam essa informação”.

 

A escola tentou se justificar, alegando que o objetivo foi promover a “inclusão”. “O foco da escola é ter um evento que represente as diversas origens e profissões da comunidade“, disse Ferdani.

 

A informação antecipada sobre quem daria a palestra, no entanto, permitiria aos pais decidir se permitiriam seus filhos participarem ou não do evento, já que eles não eram obrigados a participar, e já que a decisão da escola acerta do conteúdo contraria a perspectiva moral da maioria dos pais.

 

O diretor da escola informou posteriormente que os próximos eventos dessa natureza serão informados aos pais e eles poderão retirar seus filhos da programação, segundo a KCNC-TV.

 

 

Gospel +