Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 23/08/2017

Duas mulheres vão representar os pais no Conselho de Alimentação Escolar

A merendeira Débora Nascimento, que atua na rede municipal de ensino, foi eleita para ocupar uma das cadeiras do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), como representante dos pais e responsáveis pelos alunos. Outra mulher, Julieta de Souza Bispo, é a segunda eleita para o órgão, também representando os pais.

 

Elas foram escolhidas na manhã desta segunda-feira, 21, na Secretaria de Educação. Os suplentes de Débora e Julieta são Maria Adanilza Dantas e Gilson dos Santos Junior. Os próprios pais elegeram titulares e suplentes para representa-los.

 

Acompanhar e monitorar os recursos federais repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a alimentação escolar e garantir boas práticas sanitárias e de higiene dos alimentos são as atribuições do Conselho de Alimentação Escolar.

 

Devem fazer parte do CAE um representante do poder executivo; dois representantes dos trabalhadores da educação e estudantes; dois representantes de pais de alunos; e finalmente dois representantes das entidades civis organizadas. Cada membro titular deve ter um suplente do mesmo segmento.

 

“Meus filhos estudam na Rede e eu trabalho como merendeira, acredito que seja meu dever como mãe cuidar não apenas da merenda dos outros alunos, mas fiscalizar o que as crianças comem nas escolas”, afirma Débora.

 

Para o chefe da Divisão de Informações Educacionais da Secretaria Municipal de Educação, Lenio Lins, a escola também é responsável por cuidar do que as crianças aprendem a comer, “ensinar por que devemos consumir cada alimento e promover uma educação alimentar de qualidade”. Segundo ele, cabe ao conselho fazer o acompanhamento para manter a alimentação nas escolas.

 

Secom