Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/02/2019

Edir Macedo revela que passou dois anos sem falar com a irmã por falta de perdão

O líder da Igreja Universal, Edir Macedo, disse em um artigo publicado em seu blog que passou cerca de dois anos sem falar com a própria irmã. No texto onde ensina sobre a importância do perdão, o religioso revelou que era “extremamente genioso e temperamental”.

 

“Quando se nasce de Deus, a maior e mais evidente característica é a mudança de caráter. Por mais genioso, mentiroso ou dissimulado, logo após o novo nascimento, a pessoa é transformada como da água para o vinho”, escreveu Macedo.

 

O bispo utilizou sua própria vida como exemplo, querendo dizer que ao se converter passou por um processo de transformação que alcançou todo o seu caráter e comportamento.

 

“Sou testemunha viva disso. Lembro bem do meu gênio ruim. Perdão não fazia parte da minha vida. Fiquei 2 anos sem falar com minha irmã. Era extremamente genioso e temperamental. Mas, logo após o nascimento do Espírito, tornei-me como criança”, disse ele.

 

Edir Macedo possui uma irmã, Maria Magdalena, que não é muito próxima a ele, pois é casada com o Missionário R.R Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus. É possível que o bispo da Universal tenha se referido a ela ao lembrar do passado.

 

Entretanto, Macedo destaca que sua vida mudou completamente no momento em que foi preenchido pelo Espírito Santo, abandonando o velho homem ao ponto da própria família não lhe reconhecer muito bem.

 

“Surpreendi a mim e aos meus familiares ao ponto de me tornar estranho em casa. Meus pensamentos e objetivos mudaram, consequentemente, as atitudes também”, disse ele. “Todos notaram a enorme diferença no meu comportamento e maneira de falar”.

 

Finalmente, o bispo conclui ensinando que o ódio afasta o ser humano de Deus, minando seus relacionamentos, sendo esse um meio que o diabo utiliza para destruir a vida humana. Então ele faz um apelo aos que passam por momentos de intrigas, onde há falta de perdão:

 

“Espero, pela fé, que um dia a “ficha caia”, se arrependam e voltem ao primeiro amor”.

 

 

Gospel +