Versículo do dia
O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para te salvar; ele se deleitará em ti com alegria; calar-se-á por seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.

Edvaldo Lima diz que é contra o “coronelismo”

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

unnamed2 Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, no horário do grande expediente, nesta terça-feira (30), o vereador Edvaldo Lima (PP) afirmou ser contra a reeleição para presidente da República, prefeito, presidente da Câmara dos Deputados, presidente do Senado, presidente da Assembléia Legislativa e presidente da Câmara de Vereadores. Para o edil, a reeleição para presidente da Câmara é seguir na contramão dos anseios populares.

 

“Quem tem a caneta na mão, tem o poder. Este vereador é contra o coronelismo, porque quem tem a caneta é quem manda e diz que está no poder e ninguém tira. Marcelo Nilo está na Presidência da Assembleia há oito anos. Será que não tem um deputado aqui capaz de ser presidente daquele Legislativo?”, questionou Edvaldo.

 

Em aparte, a vereadora Eremita Mota (PDT) parabenizou o discurso do colega e agradeceu a Edvaldo Lima por ter apoiado e lançado o nome dela na disputa da Presidência da Casa da Cidadania, durante seu pronunciamento no horário do pequeno expediente.

 

“Quero lhe agradecer por ter lançado meu nome e volto a dizer que desde quando acompanho os trabalhos desta Casa não me lembro de ter um candidato à Presidência definido sem antes passar pelo Executivo. Acredito que o Executivo tem muito interesse, caso contrário, não orientaria os vereadores. Na eleição de Justiniano fomos orientados, e isso é costumeiro em nossa cidade”, disse.

 

A vereadora garantiu que se tiver o apoio do chefe do Executivo Municipal para disputar o cargo de presidente da Câmara irá abraçar a oportunidade.

 

“Acredito na posição do prefeito, porque ele tem muitas mulheres trabalhando com ele e assumindo secretarias. E quem sabe ele não acata a sugestão de me lançar como candidata? Ele sabe de minha seriedade, e quando dou a palavra, eu honro. Se eu tiver o aval de Ronaldo, meu nome está à disposição e vou entrar no jogo. Sou um bom exemplo para Feira de Santana, pois sempre honrei com minhas palavras e tenho uma boa aceitação na cidade”, afirmou Eremita.

 

Novamente com a palavra, o vereador Edvaldo Lima disse não ter problemas pessoais com o atual presidente da Casa, vereador Justiniano França, afirmando que “pisa para frente, e não para trás”. Ele também fez uma leitura de um texto jornalístico, que divulga a posição do edil José Carneiro (PSL) em relação à reeleição do Presidente da Câmara.

 

“O vereador Zé Carneiro afirmou ser a favor da reeleição para presidente desta Casa e já declarou apoio a Ronny. Essa proposta apresentada por ele mostra que pode haver mudanças na eleição para presidente. Essa reeleição vai na contramão da população, que não quer reeleição, mas mudanças. Nada contra o presidente desta Casa, mas se houver essa proposta, vamos debatê-la, porque sou contra”, finalizou Edvaldo.

 

Também em aparte, o vereador José Carneiro disse que o seu discurso foi mal interpretado pelo edil Edvaldo Lima, e reiterou que vota no vereador Ronny (PSDB) para candidato à Presidência da Casa.

 

“Se Vossa Excelência exercesse a função de jornalista, seria uma barrigada por dia, porque não sabe interpretar. Não defendo a reeleição de Justiniano, defendo a reeleição para esta Casa e continuo apoiando Ronny. Estamos em um país democrático, onde existe reeleição em todas as esferas, por isso podemos permitir a reeleição nesta Casa”, pontuou.

 

Portal Cidade Gospel

OUTRAS NOTÍCIAS