Versículo do dia
O coração do homem considera o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos.

Edvaldo Lima diz que sofre perseguição “implacável” do Governo Municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

unnamedO vereador Edvaldo Lima (PP) ocupou a tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta quarta-feira (07), para tecer duras críticas à administração do prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM). Ele voltou a se queixar que várias indicações, de sua autoria, não são atendidas, porque o “Governo é perseguidor”.

 

Estão entre as indicações feitas ao Executivo Municipal em benefício do trânsito do bairro Tomba, que, segundo o edil, não obtiveram êxito: uma sinaleira para a rotatória que fica próxima à Escola Municipal Ana Brandoa e a instalação de redutores de velocidade entre as ruas São João e São Salvador. Ele alertou que nestes locais ocorrem acidentes com frequência. Edvaldo Lima afirmou que tem mais de um ano que fez estas solicitações.

 

O oposicionista fez questão de salientar que “não é o vereador apenas que quer os redutores de velocidade e a sinaleira, é a população do bairro Tomba, a qual votou neste prefeito que aí está, que se esqueceu de governar para a cidade e, agora, fica perseguindo a população. Se não tem coragem de governar para todos, que o Governo busque alguém que oriente ele para que possa aprender governar para quem vota e quem não vota nele. Ali naquele bairro não mora só o vereador Edvaldo Lima, ali mora 55 mil habitantes e, certamente, o prefeito teve a maioria dos votos ali naquele bairro do Tomba”, disse.

 

Edvaldo Lima afirmou que, infelizmente, o Governo “virou as costas” para o referido bairro. “A praça do Tomba está abandonada, os banheiros de lá do mercado não funcionam, o mercado funciona precariamente, é uma sujeira, uma imundice total”, criticou.

 

Indignado, o edil acrescentou: “este Governo é tão perseguidor que ele fez umas ruas no bairro do Tomba, que foi solicitação deste vereador: a rua Gênesis, Estrela da Manhã e tantas outras. Mas, vocês sabem o que aconteceu? Ele nunca foi lá inaugurá-las, deixou abandonadas, porque ele rompeu comigo. Este Governo perseguidor da população de Feira de Santana tem que tirar o sapato da arrogância e botar a sandália da humildade para atender a população”.

 

Edvaldo Lima disse ainda que solicitou do Governo do Município a revitalização de algumas ruas do bairro Jardim Acácia, “que está abandonado, mas o Governo nunca chegou lá”, reclamou o oposicionista, reiterando que sofre uma perseguição “implacável” do governo Ronaldo, por fazer parte da oposição.

 

Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS