Versículo do dia
E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia, um será o Senhor, e um será o seu nome.

Edvaldo Lima quer permanência do Posto de Saúde da Santa Mônica II

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

edvaldo-3-630x300 (1)O vereador Edvaldo Lima (PP), em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segunda-feira (26), disse que a secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, pretende transferir o Posto de Saúde da Santa Monica II para o bairro Sim, em um local próximo, segundo ele, à Comunidade de Atendimento Socioeducativo Juiz Melo Matos.

 

“Quer tirar o Posto de Saúde da Santa Mônica II e levá-lo para o Sim, onde toda aquela comunidade terá que atravessar aquela avenida Nóide Cerqueira, que ainda não tem uma passarela. Como é que esses pais e mães de família vão com as crianças e idosos atravessar três bairros, pode dizer assim, para ir ser consultado em um Posto de Saúde?”, questionou o oposicionista, afirmando que isso é um desrespeito à comunidade do Santa Mônica II.

 

Para Edvaldo, a secretária Denise Mascarenhas não pode fazer essa transferência. “Que ela não se atreva a fazer isso, até porque ela tem tantas coisas para cuidar, tantos outros trabalhos para fazer. Ela ainda não respondeu ao Ministério Público o que eu tenho colocado lá, ainda não respondeu tantas outras coisas e, agora, quer mexer no Posto de Saúde da Santa Monica II. Os moradores fizeram um abaixo assinado e, através desse documento, fiz um ofício e o encaminhei para que o Governo do Município tome conhecimento, a fim de que o Posto de Saúde continue no mesmo lugar”, ressaltou.

 

Em aparte, o líder governista explicou que a referida unidade de saúde funciona em um imóvel alugado e o proprietário não quer mais alugá-lo. Disse também que o Posto de Saúde, além de atender a comunidade da Santa Mônica II assiste a comunidade do Sim.

 

“Da mesma forma que a comunidade do Sim vem para a Santa Mônica II, acredito que a comunidade da Santa Mônica II vai para a comunidade do Sim. Mas, eu queria encerrar dizendo a Vossa Excelência que os moradores do bairro estão autorizados, como a Prefeitura também, através da Secretaria de Saúde, para irem em busca de um imóvel mais próximo dali, para consequentemente não permitir a transferência; só sai dali se, realmente, não achar um imóvel adequado para adaptar o Posto de Saúde da Santa Mônica II”, afirmou José Carneiro.

 

Novamente com o uso da palavra, o vereador Edvaldo Lima disse que a comunidade da Santa Mônica II já sugeriu à Secretaria Municipal de Saúde dois imóveis para que o Posto de Saúde permaneça naquele bairro.

 

Na oportunidade, o oposicionista reclamou que “no Posto de Saúde da Santa Mônica II, assim como nas demais unidades de saúde do Município, os pacientes precisam dormir na fila para conseguirem fazer consultas”.

 

As informações são do Ascom.

OUTRAS NOTÍCIAS