Versículo do dia
Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.

Em fase final obra do Complexo Educacional que dá vida ao antigo FTC

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Está em fase final a obra do Complexo Educacional que está sendo construído no antigo Feira Tenis Clube, o FTC. Nesta primeira etapa, o prédio vai abrigar o Centro Interprofissional de Atendimento Educacional que já existe na Rede Municipal e oferece atendimento socioeducativo aos estudantes com deficiência. A segunda etapa da obra já foi iniciada com a construção do edifício-garagem, que deverá ficar pronto no prazo de um ano.

Na manhã desta sexta-feira, 15, os secretários Anaci Paim, de Educação, e Carlos Brito, de Planejamento, visitaram a obra que está em fase bastante avançada. O projeto do Governo Municipal cumpre também o objetivo de resgatar o antigo FTC, garantindo uma destinação social ao prédio cujo valor arquitetônico é representativo de uma época para Feira de Santana e que estava abandonado.

Sala de música, sala de artes, brinquedoteca, sala sensorial, salas de atendimento psicológico e psicopedagógico, espaço para fonoaudiologia, salas para atendimento aos deficientes visuais e para digitação em braile, auditório, cozinha, vestiários e uma quadra poliesportiva para atividades que envolvam os estudantes com deficiência. São estes os principais espaços que compõem o novo Centro.

Também está sendo construído no local o Centro de Pesquisa da História de Feira de Santana, com o objetivo de reunir no mesmo espaço obras de autores feirenses ou escritas sobre o município. “No futuro, lembra o secretário Carlos Brito, será também construída na mesma área a nova sede da Secretaria Municipal de Educação e um Centro de Formação para os professores da Rede Municipal”, informa.

“A iniciativa de usar o prédio para atender a este objetivo educacional é muito significativa, pois dá a Feira a oportunidade de se tornar uma referência nacional no âmbito da Educação Especial. A cidade ganha um diferencial significativo e importante para as famílias”, destaca a professora Anaci Paim.

De acordo com a secretária de Educação, a partir desta fase da obra serão tomadas providências para “viabilizar as condições internas para garantir ao novo complexo o funcionamento adequado, moderno e compatível com legislação atual no âmbito da Educação Inclusiva”.

“O prédio não será moderno apenas no aspecto arquitetônico, mas também funcional e no âmbito da pedagogia, oferecendo acessibilidade e as melhores condições de aprendizagem aos alunos”, defende Anaci.

Secom

 

OUTRAS NOTÍCIAS