Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 24/03/2019

Em meio ao desastre provocado por ciclone, cristãos louvam a Deus em Moçambique

Cenas emocionantes de cristãos reunidos para louvar a Deus, em Moçambique, na África, estão servindo para mostrar como a fé em Cristo independe das circunstâncias, mas tão somente da certeza de que sobre todas as coisas o Senhor é soberano e digno de ser adorado.

 

Isso porque, o culto ocorreu em meio aos destroços do templo de uma das centenas de igrejas que foram destruídos com a passagem do ciclone Idai, que devastou a cidade portuária de Beira, além de Zimbábue e Malawi.

 

No total, cerca de 500 mortes oficiais já foram confirmadas e 1,7 milhão de pessoas atingidas, segundo o Programa Mundial de Alimentos da ONU (Organização das Nações Unidas), informa o Poder 360.

 

A estimativa do presidente Filipe Nyusi, no entanto, é de que o número de mortos chegue a 1000 pessoas. O pastor brasileiro Jeferson Antônio Miguel, que esteve no país junto com quatro amigos recentemente para um trabalho missionário, testemunhou o caos na região.

 

“A situação está ficando muito grave. Se não houver ajuda internacional, o que já era precário, vai virar o caos. Eles não vão reconstruir tão fácil. Lá já tem muito assalto, muita violência. Vai virar uma loucura”, disse ele.

 

“Foi terrível. O que me impressionou foi que eu passei lá três dias depois do ciclone e não tinha um bombeiro na rua, um policial. Não tinha exército. Não tinha ninguém orientando as pessoas. O povo de Beira está jogado à própria sorte”, contou o pastor.

 

Apesar de toda a situação trágica, os cristãos que aparecem na gravação mostram que a fé em Cristo continua firme, dizendo ao mundo que confiam no Senhor mesmo na pior das tempestades.

 

O esforço internacional agora é para socorrer às vítimas do ciclone Idai, partindo de autoridades governamentais e também da sociedade civil, mediante pequenas iniciativas. Para ajudar, utilize os dados na imagem abaixo, da organização Missão Mãos Estendidas.

 

Ajuda do Brasil e outros países

 

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (21) que conversou por telefone com o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, oferecendo ajuda do Brasil para o que for necessário em seu país.

 

“Nos colocamos à disposição no que for possível. [Eu] me solidarizo com o povo do Zimbabue e Malauí, também atingidos pelo ciclone”, escreveu Bolsonaro, primeiramente em sua conta no Twitter. Depois, já em viagem oficial ao Chile, Bolsonaro reiterou a ajuda durante uma transmissão ao vivo feita pelas redes sociais, segundo a Istoé.

 

O governo americano de Donald Trump também anunciou nesta quinta o envio de equipamentos para tornar água suja em potável, uma das maiores necessidades da população, devido a falta de abastecimento nos principais locais atingidos.

 

Gospel +