Versículo do dia
Quando, pois, vos conduzirem para vos entregarem, não estejais solícitos de antemão pelo que haveis de dizer; mas o que vos for dado naquela hora, isso falai; porque não sois vós os que falais, mas o Espírito Santo.

Empresa se compromete em resolver situação de venda de terreno no Papagaio em 2 meses

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Representantes da Urbplan, que assumiu as negociações com os compradores dos terrenos de um loteamento no Alto do Papagaio – próximo do local onde empreendedores teriam anunciado a construção não concretizada de um shopping center, se comprometeram, junto ao Procon de Feira de Santana, em resolver a situação dos clientes que prestaram queixa na instituição em até dois meses.

 

A superintendente do Procon, Suzana Mendes, disse que a promessa da construção do shopping foi frustrada e os lotes não foram individualizados. Quem já quitou o lote ainda não recebeu a devida documentação. “Estamos acompanhando atentamente a situação, porque a oferta não foi confirmada”. Um dos apelos de venda foi a construção do empreendimento naquela região.

 

Aproximadamente 50 pessoas que adquiriram lotes – são cerca de 300 unidades – procuram o Procon, que tomou as devidas providências e encaminhou a denúncia para o Ministério Público Estadual. Os lotes foram vendidos pela Scopel e até o momento as escrituras dos terrenos não foram entregues. “Se o MP entender que houve crime, os responsáveis serão denunciados”.

 

Caso a situação não seja resolvida, disse a superintendente, as empresas deverão apresentar suas defesas e os processos serão encaminhados para a apreciação da Justiça e, caso entenda, decidirá pela aplicação de multa.

OUTRAS NOTÍCIAS