Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/08/2018

Enfermeiro deve investigar histórico da ferida para fazer curativo, diz especialista

Atualizar os enfermeiros da Atenção Básica sobre o tratamento de lesões crônicas foi um dos objetivos da capacitação ocorrida na manhã desta segunda-feira, 20, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde. Uma das orientações é referente aos curativos nas feridas.

 

O treinamento acontece até a próxima sexta-feira, 24, para todos os enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família.

 

A enfermeira referência técnica em doença falciforme, Luciana Brito, explica que a capacitação é importante para melhor qualificar os profissionais da rede. “Estamos apresentando o que os novos estudos abordam sobre tecnologias avançadas para tratamento com feridas. A ideia é renovar o conhecimento e fazer uma abordagem diferenciada no cuidado ao paciente com lesão crônica, mesmo todos os enfermeiros tendo um conhecimento prévio”, afirma.

 

Durante o treinamento foram discutidos pontos importantes como uma nova abordagem para a sala de curativos. “A sala de curativos não pode se limitar apenas ao tratamento da lesão, mas oferecer além do curativo uma consulta onde o enfermeiro vai realizar uma investigação e averiguar o histórico da ferida em busca de prestar uma assistência mais qualificada e direcionada”, explica Luciana Brito .

 

Para melhor preparar os profissionais, terapias complementares como cromoterapia, musicoterapia e acupuntura foram apresentadas como alternativa no tratamento de lesões crônicas. Além disso o uso das novas tecnologias em coberturas especiais são opções avançadas para proporcionar uma cicatrização mais rápida.

 

Secom