Versículo do dia
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.

Equipe do Consultório de Rua realiza atendimento a homem na Praça J. Pedreira

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

02A equipe do Programa Consultório de Rua, da Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma abordagem junto a um morador de rua que ocupa a Praça João Pedreira, no centro da cidade, na tarde desta sexta-feira (06). O homem identificado como Ivanilton, e conhecido como “Malaca”, foi atendido pela equipe multiprofissional.

 

Durante a abordagem os profissionais procuraram saber um pouco da história do morador. De acordo com os relatos do paciente, bem como de conhecidos e familiares, Malaka é órfão, e sofreu um acidente em uma pedreira onde trabalhava aos doze anos de idade. No ocorrido, parte do cérebro, braço e perna ficaram comprometidos. Depois de ficar internado, recuperou-se e com ajuda de medicamentos retomou sua vida e até teve um filho, que é desconhecido pelos familiares.

03

“Ele tinha uma vida normal, trabalhava, morava em sua casa, era limpo só que depois de um tempo ele foi morar na rua e ninguém sabe o que aconteceu de verdade”, explica a irmã dele, identificada como Elma.

 

A assistente social Monaliza de Oliveira diz que a suspeita é de que o homem sofra de problemas mentais. “Agora vamos buscar a família para ver se a gente completa as informações e conseguimos intervir no caso”.

 

Para o Psicólogo João Cardoso esse é o momento de conhecer o histórico do paciente, para posteriormente ressocializa–lo junto com a família. “Mas isso depende da vontade dele também”, pontua. Uma nova visita foi agendada para a próxima segunda-feira, quando será dada continuidade ao trabalho de abordagem.

 
Secom

OUTRAS NOTÍCIAS