Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/06/2019

Escola remove a cruz do anuário porque “não era sensível” aos alunos

Uma escola primária de Nebraska reimprimiu seu mais novo anuário antes de ser distribuído aos estudantes porque a capa incluía uma cruz.

 

Os alunos da quinta série da Manchester Elementary School em Elkhorn, no estado de Nebraska, EUA, votaram na arte da capa original do anuário de 2018-19 – um calligram branco de uma cruz composto por 15 palavras diferentes, como “amor”, “aprender”, “sonhar” e ” fé ”, relatou o Omaha World Herald .

 

Mas o diretor e a Organização de Pais e Professores (PTO), que arrecada fundos para a publicação, não a aprovaram antes de serem impressos.

 

O presidente da PTO, Andrea Abrahamson, disse que os membros do conselho “votaram unanimemente para reimprimir a capa, já que ela não era sensível à nossa agenda de todos os estudantes”.

 

“A capa do anuário em questão não foi distribuída aos alunos”, disse Abrahamson ao jornal.

 

A capa do anuário reimpresso inclui uma cena com nuvens.

 

É a segunda vez em menos de um ano que a escola chama a atenção. No inverno passado, a então diretora Jennifer Sinclair emitiu uma diretiva proibindo a música natalina, canções natalinas, árvores de Natal, bastões de doces, Papai Noel e as cores vermelho e verde.

 

Sinclair acabou se demitindo, apesar de o Liberty Counsel – o grupo legal que queria que a política fosse derrubada – dizer que não queria que ela fosse dispensada.

 

Folha Gospel com informações de Christian Headlines