Estevam Hernandes, líder da igreja Renascer, se diz aberto a conversar com Lula

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Líder da Renascer em Cristo, uma das principais igrejas evangélicas do país, o apóstolo Estevam Hernandes disse que está disposto a conversar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), embora siga defendendo a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A declaração foi dada em entrevista ao podcast Transformados Cast, direcionado ao público evangélico.

“Vamos ver o cenário político atual. Nós temos Lula e nós temos Bolsonaro. Aí vem uma repórter e fala: você conversaria com o Lula? Claro, posso conversar com ele, aconselhar, ministrar. Mas não significa que eu vá apoiá-lo”, declarou Hernandes, responsável pela organização do maior evento evangélico do país, a Marcha Para Jesus.

O líder evangélico diz que o diálogo com o petista seria algo normal. “Seria um absurdo dizer que eu não converso. Sou um servo de Deus. Eu converso, mas tenho uma posição: vou apoiar Bolsonaro”, declarou.

O PT vem procurando recompor pontes com os evangélicos, que ficaram enfraquecidas desde que o partido foi retirado do poder, em 2016. Uma das iniciativas que a legenda adotou foi criar um programa na internet destinado a esse público.

Lula enfrenta ainda dificuldades nesse segmento, no entanto, uma vez que suas principais lideranças apoiam a reeleição do atual presidente. Em janeiro, a Igreja Universal do Reino de Deus divulgou um texto em que dizia que cristãos não podem ser de esquerda.

Com informações de Mix Vale e Folhapress

OUTRAS NOTÍCIAS