Feira completa um ano de vacinação contra a Covid com mais de 1 milhão de doses aplicadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

No momento, a vacinação está concentrada na imunização das crianças

Feira de Santana completa nesta quarta-feira, 19, um ano do início da campanha de vacinação contra a Covid-19. De lá para cá, muita coisa aconteceu. Para começar, mais de um milhão (1.046.77) de doses aplicadas no município. Desse total, 507.984 receberam a primeira dose, 443.230 a segunda e 86.957 foram imunizadas com a dose de reforço. Além disso, 8.606 pessoas receberam o imunizante em dose única.

A Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu a largada à vacinação no Hospital de Campanha. A primeira pessoa vacinada foi a enfermeira Francineth Lobo. Ela atuava como gerente operacional da unidade hospitalar e estava na linha de frente contra a doença. “Me sinto mais segura e aliviada” , declarou a enfermeira na época.

Para quem estava presente, a cena é guardada na memória como um acontecimento para renovação de esperanças após um ano de incertezas. Afinal, naquele período o município enfrentava a segunda onda da epidemia.

Hoje, apesar do crescimento nos casos, Feira de Santana apresenta poucos leitos ocupados, com 12 pacientes internados tanto de enfermaria quanto de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O avanço da vacinação impactou na redução dos internamentos, que permitiu a desativação do Hospital de Campanha.

Na avaliação do secretário municipal de Saúde, Marcelo Britto, o avanço da vacinação apresenta números positivos, mas o objetivo principal é chamar mais atenção daqueles que não compareceram para receber o imunizante.

“Já alcançamos a porcentagem 96% da população vacinada, mas estou preocupado com os 4% que ainda não compareceram. As pessoas que ainda não tomaram a primeira dose da vacina podem comparecer a uma unidade de saúde, conforme cronograma do dia, para garantir a imunização”, ressalta o gestor.

Mesmo com o avanço da vacinação contra a Covid-19, o secretário alerta que a pandemia não acabou e os protocolos sanitários de prevenção devem ser mantidos – como uso de máscara, higienização constante das mãos e distanciamento social.

VACINAÇÃO DAS CRIANÇAS

Na segunda-feira, 17, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começou a vacinação para crianças de 5 a 11 anos, conforme determinação do Ministério da Saúde. Neste momento, podem ser vacinadas crianças de 10 e 11 anos (até 11 anos 11 meses e 29 dias ou nascidos em 2011), com ou sem comorbidade. Também serão vacinadas crianças de 5 a 9 anos (11 meses e 29 dias) com comorbidade, apresentando relatório médico comprobatório.

Secom| Foto: Wevilly Monteiro

 

OUTRAS NOTÍCIAS