Versículo do dia
Estas coisas vos escrevi, para que saibais que tendes a vida eterna e para que creiais no nome do Filho de Deus.

Feira está pronta para receber vacinas Pfizer, diz secretário de Saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Feira de Santana possui condições de armazenamento da vacina Pfizer/BioNTech que começou a ser distribuída no Brasil, nesta segunda-feira, 3. No entanto, por determinação do Ministério da Saúde, o 1º lote da vacina será distribuído apenas para as capitais brasileiras.

Por questões de logística e condições do próprio fabricante, a conservação da vacina exige um armazenamento entre -25°C e -15°C.

“Nós temos toda a logística necessária para receber o imunizante, ou seja, os super congeladores também chamados ultra-freezers”, afirma o secretário de Saúde, Marcelo Britto.

Ele observa que “Feira de Santana é maior do que cinco capitais brasileiras. Diante disso, o prefeito Colbert Filho questiona essa distribuição, considerando que o critério deveria ser por tamanho, e não apenas por ser capital. Dependemos de uma decisão do Ministério da Saúde para receber ou não as vacinas”.

Vacinação é intensificada

Em Feira estão sendo aplicadas as vacinas Oxford/AstraZeneca e a CoronaVac produzida pelo Instituto Butantan. A partir desta terça-feira, a vacinação será ampliada a outros grupos, como trabalhadores da educação e puérperas.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) continuam com a vacinação de primeira e segunda dose para idosos a partir de 60 anos. As UBSs Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas seguem aplicando a primeira dose em pessoas portadoras de síndrome de Down e transplantados.

Os trabalhadores da Saúde também podem ser vacinados com a primeira e segunda dose da vacina. Vale lembrar que a SMS designou as 21 Unidades de Saúde da Família (USFs) para vacinação contra a Covid, às terças e quintas-feiras.

Foto: Thiago Paixão- Secom

OUTRAS NOTÍCIAS