Festa junina em templo da Assembleia de Deus revolta fiéis; veja o vídeo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Reprodução redes sociais

A realização de uma festa junina no templo da Igreja Assembleia de Deus Missão, em Marabá (PA) repercutiu negativamente entre os fiéis da denominação. Debaixo de duras críticas, o pastor responsável, Sales Batista, veio a público pedir perdão.

O espaço cedido pela Assembleia de Deus Missão foi um megatemplo da igreja, onde costumam ser realizados os congressos e eventos. O pastor Sales Batista cedeu o espaço à Polícia Militar para realização de uma palestra do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

Entretanto, junto com a palestra do Proerd, foi realizada uma festa junina, com músicas de quadrilha, danças e decoração temática. As imagens repercutiram nas redes sociais, com muitas manifestações negativas de evangélicos.

A página Assembleianos de Valor, de perfil conservador dos usos e costumes da denominação, publicou vídeos no Instagram mostrando as danças de quadrilha da festa junina, além da música Eye of the Tiger, da banda Survivor, usada para a entrada dos policiais militares e do leão mascote do Proerd.

“Os membros da Assembleia de Deus em Marabá/PA estão revoltados. Pois o Pastor Sales Batista permitiu a realização de uma FESTA JUNINA no templo, aonde também é realizada a santa ceia do SENHOR, congressos e outros cultos. Templo este, erguido e construindo com os suados dízimos e ofertas dos fiéis”, contextualizou a página Assembleianos de Valor.

“Uma festa pagã, sendo realizada no local que deveria ser chamada casa de oração. Que vergonha hein Pastor Sales? Os membros de outros ministérios não podem cantar e nem pregar aí, mas festa pagã o senhor autoriza no templo. Nota 0 para essa sua atitude!”, acrescentou a página.

 

 

Pedido de perdão

Depois da repercussão negativa, o pastor Sales Batista publicou nota oficial na página da igreja no Facebook, prestando esclarecimentos e pedindo perdão pelo ocorrido.

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS