Filha de pastor investigado perde cargo na Câmara dos Deputados

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Pastor Gilmar Santos: investigado pela PF e filha sem emprego na Câmara | Foto: Reprodução/Instagram

Além de ser investigado pela Polícia Federal (PF), que apura suspeita de irregularidades entre lideranças religiosas e o Ministério da Educação (MEC), o pastor Gilmar Santos viu a sua filha perder o emprego em meio a denúncias de corrupção. Quézia dos Santos tinha cargo de confiança na Câmara dos Deputados, mas acabou exonerada.

A exoneração de Quézia ocorreu no fim de março, dias após denúncias contra o pai dela repercutirem no SBT News e em outros órgãos de imprensa. A saída dela de função no poder legislativo federal foi divulgada nesta semana pelo portal Metrópoles.

Na Câmara, Quézia fez parte da equipe do deputado João Campos (Republicanos-GO) de junho de 2021 a março deste ano. Durante o período, ela recebeu salário mensal na casa dos R$ 4,2 mil. Questionado sobre a nomeação, o parlamentar descartou quaisquer irregularidades e afirmou que a filha do pastor investigado atuava em seu escritório político em Goiânia.

Auxílio emergencial

Quézia Santos recebeu o montante de R$ 5,2 mil como forma de auxílio emergencial. O último benefício foi efetuado em julho do ano passado, quando a filha de Gilmar Santos já exercia cargo de confiança na Câmara dos Deputados.

SBT News

OUTRAS NOTÍCIAS